Namoro conturbado tumblr

16 maneiras simples de melhorar seu relacionamento

Meu mundo acontece aqui dentro. Ele é meu com todas as letras, ele é meu em cada palavra, com todos os silêncios, com todos os incêndios.

Sou uma dessas pessoas sem graça. Em casa. Nem mesmo na escola. Quando você estraga uma parte da vida de alguém, você estraga a vida inteira da pessoa. Tudo… é afetado. Se um dia seu ex-namorado te disser que você nunca vai encontrar alguém como ele, responda: Deus te ouça! E eu sempre achava que todas as pessoas iam acabar falando com os meus pais, iam acabar contando a eles. Eu havia acabado de entrar na faculdade, eu estava com o meu filho de um ano, um pouquinho menos do que isso e me dividindo entre o curso, arrumando a casa, cuidando dele, tentando arrumar um trabalho.

De que era um direito do meu filho. Devagar, ele foi mostrando um outro lado, ele foi se mostrando violento, ele bebia, ele se transformava.

Nós íamos em uma delegacia comum. Um dia eu tava chegando do trabalho e ele me esperava com uma arma. Eu precisava abortar, logo, sem correr risco de vida e sem que ele soubesse. Eu só lembro que eu saí dali mais segura de que essa vida seria vivida, só eu e o meu filho. E eu fiz exatamente como ele orientou. Eu fui piorando durante o dia e de tarde eu fui a pé na escola dele, fui sozinha, saí de casa e fui a pé, eu precisava de ajuda, eu precisava de alguém para ir comigo ao hospital. Eu voltei pra casa sangrando, perdendo os restos que ainda tavam dentro de mim, né? Abortando mesmo.

É, foram duas histórias, eu vou contar só uma hoje e vou te explicar por que que vou contar só uma. E elas me orientaram, elas me disseram que era ilegal, mas que eu podia ter escolhas e inclusive me indicaram onde que eu poderia ter acesso ao aborto com um médico. E ele era um homem muito conservador, né? O meu namorado foi aonde ele disse que vendia o remédio, era uma feira, comprou, eu ingeri e coloquei alguns e sempre acompanhada pelo médico pelo telefone.

  1. 'Eu estava cega': relato sobre relacionamento abusivo comove web?
  2. Versículos de Namoro!
  3. quem disse quer conhecer um homem dê poder a ele.
  4. 'Eu estava cega': relato sobre relacionamento abusivo comove web?
  5. Namoro na Bíblia?
  6. Nosso jeitinho?

O problema era só meu. Eu estava em Londres nessa época, tinha 35 anos e isso foi em Na noite do aborto, eu fiquei no hospital, eles me deixaram num quarto em que tinha a minha cama, mas tinha uma outra cama vazia, que talvez fosse para um acompanhante, e ela estava vazia. No fundo desse quarto, quase que no corredor, eu vi um bercinho.

Quando eu vi esse berço, eu vi a cama vazia, eu comecei a chorar. Tinha uma outra mulher que também estava internada para fazer o procedimento. Ela me viu chorando e viu o berço, eu acho que ela imaginou que eu estava chorando por causa do berço e ela veio me consolar. Imediatamente chegaram psicólogos, enfermeiros, médicos. As pessoas tiraram o berço, vieram me pedir desculpas. Eu fiz o aborto e, quando acordei, fui colocada em uma sala que era toda amarela, tinha flores e era um ambiente supertranquilo.

O ambiente todo era de muito acolhimento, parecia, sabe, mais uma casa do que mesmo um hospital. Eu sei que a minha história é muito simples, né? Você deve ter ouvido histórias muito diferentes da minha, das mulheres que fazem aborto em clínica, com remédio, escondida, no Brasil, mais jovem do que eu. Eu só queria contar pra mostrar que é possível ter todo o procedimento com tranquilidade, com cuidado, com dignidade, como foi a minha história.

E como ser cuidada pode deixar tudo mais simples, né? Eu tinha dois bebês em casa e eu engravidei de novo, eu vivi um verdadeiro pânico. Ele só queria saber de se divertir e parece que esquecia que ele era um cara casado. Eu podia estar doente, quem tinha que levantar para dar mamadeira era eu porque ele estava na gandaia. E eu fui guardando, mas isso foi fazendo que semanas fossem passando.

Inexplicável? É o amor!

Sabe, hoje o meu marido até que melhorou um pouco, né? E era um sangue coalhado, sabe? E na medida que os dias foram passando, começou a ter um cheiro diferente. Eu comecei a ter febre e ele do meu lado dizia que eu devia morrer, eu tinha que morrer. E assim vamos. Mais um. Mais outro. E mais um. Puro malabares, exigindo habilidade para que nós consigamos lidar, sem derrubar nenhum. Fazendo arte, em todos os sentidos. Mas nem sempre somos habilidosos o suficiente. Às vezes lançamos tudo pro alto e os deixamos cair, ficando sem nenhum, sem nada. Mas é a vida. O que fazemos?

  • Nossa história nunca vai ter fim?
  • A gente é assim. Apesar de sermos sempre conturbados, nos amamos.?
  • Navegação de posts?

Nos abaixamos e pegamos o que foi caído, cuidamos, consertamos o que foi estragado e tentamos de novo. E de novo. A gente sempre sabe onde encontrar na vida e dentro de nós o que um dia passou. Ou caindo.

Navegação de posts

Sempre conseguimos consertar, remendar. Com uma agulha e uma linha ou uma cola que é feita de amigos, paciência e tempo conseguimos reconstruir o que antes estava despadaçado. E ele fica pronto outra vez. Pronto pra que?

Qual namorado de Rory em Gilmore Girls você preferia?

Pra entrar no malabares de outro alguém. De novo. Eu posso compartilhar com outra pessoa, outros momentos, em outros lugares…mas acontece que eu sou muito egoísta e quero abraçar o mundo, todo mundo sabe disso. Sempre quis estar em três lugares ao mesmo tempo, porque dois é pouco. Estou sentindo uma inveja boa, é isto, para alguns pode parecer um antítese ou coisa absurda.

Mas é boa, é inveja de ter conseguido ocupar o lugar que eu tanto tentei, com plena naturalidade. Enfim, FIM. Por algum tempo, até meu FIM realmente chegar. Pisciana, resiliente e chata. Ela é pisciana, rapaz.

Sep 28, Jun 10, Tati Bernadi. Jun 11, Feb 13, Jan 29, Jan 28, Millena Ribeiro. Dec 22, Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa. Sep 21, Perseverança é um ato bonito, mas persistência sem perspectiva é burrice. Nunca entendi a alegria alheia em ver a derrota do outro. Tem gente que além de perder tempo, perde o senso.